sábado, 28 de maio de 2016



TEXTO: MÁRIO COUTINHO LEÃO | FOTOS: NISSAN

Xtronic CVT, esse é o nome da maior novidade da Nissan para o motor 1,6-litro do Versa. Como a única alteração mecânica é o câmbio, focamos nele nesse impressões ao dirigir. Ao decidir fazer o carro sem embreagem, a engenharia da marca abriu mão da caixa automática convencional de quatro marchas usada na argentina e partiu para o sistema continuamente variável com conversor de torque. Houve preocupação com a redução de peso, tamanho e atrito interno, assim como o uso de uma bomba 30% menor e calibração para o menor consumo de combustível possível. Não pudemos rodar no nosso trajeto padrão, por isso consideramos os números apurados pelo Programa Brasileiro de Etiquetagem Veicular. Considerando as médias com etanol e gasolina, o lançamento gasta apenas 4,2% a mais de combustível que o equivalente com câmbio manual de cinco marchas.

0

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO
DADOS DE TESTE: REVISTAS QUATRO RODAS E CARRO
Preços até o fechamento do texto



Praticamente juntas, Renault e Fiat criaram um novo segmento no mercado: o de picapes médio-compactas. É verdade que a marca francesa saiu na frente com a Oroch, mas isso porque já tinha um projeto pronto, tendo o trabalho apenas de enxertar uma caçamba no habitáculo do seu rústico SUV romeno Duster com os devidos reforços estruturais e na suspensão. Ambos são fabricados em São José dos Pinhais, PR. 

Já a Fiat precisou começar do zero com o projeto a partir da plataforma do Jeep Renegade (afinal, a marca italiana é dona da Chrysler). Com desenho mais elaborado, a Toro chegou depois, fabricada em Goiana, Pernambuco. Mas não demorou tanto. Foram apenas cinco meses, aproximadamente, de espera.

Entre as outras concorrentes do mercado, especula-se que a Ford seja a próxima a entrar no segmento que é uma evolução das antigas picapes compactas, como a Saveiro (que ganhou um face-lift diferenciado justamente para enfrentar estas novas picapes) e a velha Strada. Pensei em colocar a primeira, mas a picape da Volks está mais próxima em porte da Oroch, que também tem motor 1.6 e comprimento menor que a Toro (4,69 contra 4,92m).

Como as duas, por enquanto, ainda não têm concorrentes diretíssimas. podem ser consideradas grandes rivais, embora haja um desequilíbrio. Para atenuá-lo coloquei frente a frente a versão básica da Toro, a Freedom, com motor 1.8 Flex e a versão completa da Oroch, a Dynamique, com motor 2.0, também flex. O problema é que Fiat não oferece câmbio manual com este motor e a Renault ainda não oferece o automatizado Easy'R para a Oroch. 

Pensei em colocar a Toro a diesel, que é 2.0, mas a diferença de preço, que já é grande com o 1.8 (R$ 77.800 contra R$ 73.790 da Duster), ficaria abismal com a Freedom 2.0 4x2, que custa R$ 95.500. Ela até tem o câmbio manual (é a única versão com ele), mas aí já não tenho dados de teste. Assim, optei por um modelo de cilindrada menor com câmbio automático contra um de maior cilindrada com câmbio manual.
0

quarta-feira, 25 de maio de 2016



TEXTO E MEDIÇÕES: MÁRIO COUTINHO LEÃO | FOTOS: FORD

Tecnologia, conforto de rodagem, custos menores e visual renovado por dentro e por fora. Como de praxe, a versão cedida para teste era a mais equipada e cara Limited, que marca R$179.900 na tabela. Aproveitamos para comparar a novidade com a Toyota Hilux SRX (R$188.120), Chevrolet S10 High Country (R$167.490), Volkswagen Amarok Dark Label (R$142.003) e Fiat Toro Volcano (R$116.500). Todas cabine dupla, motor diesel e câmbio automático. Acredite, a grande diferença de projetos e preços motiva a muitas reflexões, como a real necessidade de desempenho, tamanho de caçamba, maciez ao rodar
ou robustez a longo prazo.

Cara nova e painel renovado, laterais e traseira pernanecem como estão. O resultado é positivo e agradável, com muitos cromados na grade, retrovisores, maçanetas e estribos. "Visual gringo, ficou show", ouvi do dono de uma recém-comprada Toro Diesel. No geral, os comentários convergiram a uma impressão positiva, mais agradável que a Hilux, mais esportiva que Amarok, menos "oriental" que a S10 e não tão exótica quanto a Toro. Quanto à promessa de redução de custos nas revisões, confirmamos a queda dos valores na rede autorizada, ligando para nada menos que 23 concessionárias nas regiões metropolitanas dos estados de MG, RJ e SP. Restava comprovar as outras novidades do material de propaganda.

0

domingo, 22 de maio de 2016

Alfa Giulia - 1962-1978


O novo Alfa Romeo Giulia homenageia o velho sedã homônimo, produzido entre 1962 e 1978. Um ano antes do seu fim (1977) surgiu a Nuova Giulietta, que deu lugar ao 75 em 1985. Em 1992 surgiu o 155, de estilo reto e discreto, embora famoso por ter participado do turismo alemão DTM e vendido no Brasil como importado em 1996. O 156, de 1997, foi eleito o Carro do Ano europeu. Também foi vendido aqui de 1998 até a marca italiana abandonar o país em 2006, quando foi lançado o seu sucessor 159, que tinha frente inspirada no cupê Brera e durou até 2011, marcando o início do jejum de quatro anos sem um sedã da Alfa Romeo.  

0

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO


No ano passado, mostrei aqui as primeiras fotos do Alfa Romeo Giulia, o primeiro sedã da marca italiana desde que a Fiat comprou a Chrysler e desde o fim de produção do antecessor 159 em 2011. Só que o modelo foi mostrado inicialmente na versão superesportiva Quadrifoglio Verde.

Agora é a vez de mostrar as versões "civis", ou melhor, as de aparência luxuosa que farão parte da linha. E, tirando as rodas escurecidas e de 19 polegadas do QV, não houve uma mudança radical no estilo externo. As versões mais "simples" têm rodas entre 16 e 17 polegadas com desenho cromado e para-choques um pouco mais comportados. Na frente é ligeiramente mais fechado e atrás há apenas um par de escapamentos. A tampa do porta-malas não tem o aerofólio.
0

sexta-feira, 20 de maio de 2016



TEXTO E MEDIÇÕES: MÁRIO COUTINHO LEÃO | FOTOS: DIVULGAÇÃO

"Qual é o mais econômico: Corolla aspirado flex ou Jetta turbo a gasolina?". Recebemos essa questão com certa freqüência no GUSCAR e, após rodar 750 quilômetros e gastar R$200 nos postos, conseguimos algumas respostas para a dúvida. O Toyota rodou em dobro, com etanol e gasolina, e teve ajuda de sua transmissão CVT, já o Volkswagen teve a seu favor um motor moderno fruto do "downsizing" mundial. O trajeto-padrão de 250 km foi percorrido com algumas regras, para conseguirmos números confiáveis. Nos trechos de estrada, mantivemos velocidade mínima de 80 km/h, máxima de 110 km/h e média exata de 100 km/h , números garantidos por GPS e dois cronômetros. Na cidade, mínima de 15 km/h e máxima de 70 km/h, com média de 40 km/h. Vidros fechados e climatização desligada, por sugestão de ambas fabricantes. Não só os números de rendimento (km/litro) e consumo (litros/250km) foram importantes, mas também a proporção de preço e autonomia dos dois combustíveis para comparação direta dos dois carros.


0

quinta-feira, 19 de maio de 2016

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO


Esta seção, normalmente, é frequentada por modelos da Renault e da Opel, mas agora é a vez da Fiat fazer a sua terceira participação com o ressuscitado Tipo (já falei do "novo" Doblò em 2011 e do 500X em 2014). Uma parte da culpa pela sua presença no Baba, Brasil! é a incerteza político-econômica do Brasil. A outra é a arrogância da marca italiana com fábricas em Betim (MG) e Goiana (PE).

No ano passado, a Fiat turca lançou o Aegea, um moderno sedã - construído sobre a plataforma do Renegade, da picape Toro e do 500x - que pretende substituir o Linea, derivado do Punto, que também nasceu lá. A matriz italiana gostou tanto do projeto, apesar da traseira muito curta e da caída um pouco brusca do teto, que decidiu vendê-lo em todo o continente europeu, mantendo a fabricação na Turquia. Mas para isso era preciso um nome mais apelativo e novas carrocerias.


Assim, ela decidiu resgatar o Tipo, que batizou o hatch médio da Fiat entre as décadas de 80 e 90 (mais precisamente 1988-1995), agora também num sedã. Curiosamente, a montadora já tinha feito isso com o antecessor do Novo Tipo, o Bravo, que por sua vez resgatou a versão de três portas do sucessor do velho Tipo. Deu pra entender? Só falta batizar o sucessor do novo Tipo de Stilo.

Fiat Tipo, vendido na Europa entre 1988 e 1995 e no Brasil entre 1993 e 1996
0

domingo, 15 de maio de 2016

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO



A importação do México, com cotas limitadas a 12 mil unidades por mês, intimidou a participação do Chevrolet Tracker no selvagem mercado dos utilitários esportivos compactos, disputado no Brasil por Ford Ecosport, Renault Duster, Honda HR-V, Jeep Renegade e Peugeot 2008.

Desde 2013, quando chegou, não vendeu mais do que 15 mil unidades. Em abril deste ano foi o quinto mais vendido com apenas 922 unidades. O quarto colocado, o Renault Duster, vendeu 1.932. Somente no final do ano passado ele ganhou a versão mais simples, a LT. 

Em dezembro, a GM espera mudar a sua história e o Tracker terá uma segunda chance no mercado brasileiro com uma nova frente.
1

quinta-feira, 12 de maio de 2016


TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO
DADOS DE TESTE: REVISTA QUATRO RODAS


Se estivesse na década de 1980, o BMW i8 seria chamado de o carro do futuro. Mas já estamos no Século XXI e o futuro já começou, como diz a música da mensagem de fim de ano da Rede Globo de Televisão. E o i8 também já está à venda no Brasil. Os R$ 799.000 pedidos pelo cupê fazem dele um verdadeiro sonho de consumo.

0

quarta-feira, 11 de maio de 2016



TEXTO: MÁRIO COUTINHO LEÃO | FOTOS: DIVULGAÇÃO

"Menos SW, mais SUV", foi o resumo que ouvi do gerente da concessionária que cedeu o carro para avaliação. Visual mais robusto e agressivo, nova plataforma (do crossover 225i e Mini Clubman), tração dianteira e a troca da transmissão ZF por uma Aisin, mantendo as oito marchas. E acredite: A lista de equipamentos de série é mais longa que o texto que eu tinha preparado para esta avaliação! O carro melhorou em quase tudo e nos pontos onde teria piorado, a diferença não é significativa. Vale a análise.

Embora o modelo já seja produzido no Brasil desde a primeira quinzena de março deste ano, o carro que avaliamos ainda é o trazido da cidade alemã de Leipzig e com motor "mono". A avaliação do flex fica prometida para o quanto antes possível. O X1 sDrive20i "básico" é oferecido por R$167mil. Com o pacote X-Line passa para R$180mil. Já a única versão com tração 4X4 fica nos R$200mil. Como os vendedores afirmaram que mais da metade das vendas são da "versão do meio", é com elas que demos nossas voltas.

0

segunda-feira, 9 de maio de 2016

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO
DADOS DE TESTE: REVISTA CARRO


Quando vi as primeiras fotos internacionais do novo Audi A4, no ano passado, só me convenci de que se tratava da quinta geração do ex-sedã compacto (com codinome B9, referente à soma das gerações do A4 e do antecessor 80, de acordo com a contagem da Audi) e não um face-lift mais profundo quando vi as fotos do interior e li informações sobre as suas medidas e a nova plataforma.

Agora, o consumidor brasileiro já pode conferir pessoalmente as mudanças, pois o A4 já está à venda no país, importado da Alemanha, inicialmente em três versões: Attraction (R$ 159.990), Launch Edition (R$ 172.990) e Ambiente (R$ 182.990). A intermediária era uma edição especial de lançamento, como o nome em inglês já diz, limitada a 500 unidades.

0

quinta-feira, 5 de maio de 2016

TEXTO: GUSTAVO DO CARMO | FOTOS: DIVULGAÇÃO


O tão esperado SUV compacto da Nissan, capaz de rivalizar com Honda HR-V, Jeep Renegade e Peugeot 2008, só vai chegar às concessionárias em 5 de agosto, no dia da abertura dos Jogos Olímpicos, aqui no Rio. Mas o Kicks já foi apresentado na ocasião da chegada da tocha olímpica ao Brasil (detalhe que o carro foi apresentado aqui no Rio e a tocha chegou em Brasília).
0

terça-feira, 3 de maio de 2016

TEXTO E FOTOS: GUSTAVO DO CARMO 


Há 30 anos, em 1986, a perua Fiat Elba chegava ao mercado. Foi o segundo modelo derivado do Uno, lançado dois anos antes. Em 1985, já tinha sido lançado o sedã Prêmio (também homenageado pelos seus 30 anos nesta mesma seção). Faltava, ainda, para completar a nova linha de compactos da marca italiana, a Fiorino, nas versões picape e furgão, que viriam em 1988.

Se, esteticamente, com o Prêmio foi preciso adicionar um terceiro volume, na Elba bastou apenas esticar a carroceria hatch do Uno em 40 cm. O comprimento ficou em 4,04m e a janela lateral traseira cresceu, mas foi dividida por uma coluna. As lanternas traseiras eram verticais como no Uno e no Prêmio, só que um pouco mais finas. O lado negativo era que, inicialmente, a perua só tinha duas portas.

0

últimos posts

Tópicos

Lançamento Nacional (188) Chevrolet (103) Volkswagen (102) História (95) Ford (89) Fiat (81) Carro do Ano (73) Comparativos (72) Lançamento Internacional (70) Em Breve no Brasil (55) Retrospectiva (51) Renault (46) Toyota (44) Honda (43) Citroën (39) Nissan (39) Especial (38) Hyundai (38) Peugeot (37) Sonhos de Consumo (35) Audi (32) Baba Brasil (28) Kia (27) Mercedes (26) BMW (24) No Mercado (22) História em Miniatura (19) Cruze (18) Gol (18) Motor do Ano (17) Mário Coutinho Leão (17) Corolla (16) JAC (16) Lembra de mim? (16) Opel (16) Pré-estreia (16) Rádio Motor (16) Analisando (15) Fiesta (15) Ka (15) Civic (14) Editorial (14) Golf (14) História em Fotos (14) Focus (13) Salão de Genebra 2014 (12) Volvo (12) Carro do Ano 2013 (11) Carro do Ano 2014 (11) Carro do Ano 2015 (11) Guscar em Genebra (11) Mitsubishi (11) Palio (11) Retrospectiva 2016 (11) Uno (11) Carro do Ano 2010 (10) Carro do Ano 2011 (10) Corvette (10) Fox (10) HB20 (10) Utilitário do Ano (10) Avaliação (9) Carro do Ano 2012 (9) Fit (9) March (9) Suzuki (9) up! (9) 500 (8) Carro do Ano 2016 (8) Chery (8) Duster (8) Ecosport (8) Jaguar (8) Jeep (8) Onix (8) Retrospectiva 2015 (8) Siena (8) i30 (8) 3008 (7) Carro Premium (7) City (7) Dodge (7) Fluence (7) Land Rover (7) Melhores do Ano (7) Mini (7) Polo (7) Porsche (7) Prêmios Suplementares (7) Ranger (7) Salão de Genebra 2012 (7) Versa (7) Voyage (7) 208 (6) 308 (6) Aircross (6) C3 (6) C4 (6) CR-V (6) Carro do Ano 2017 (6) Etios (6) Ferrari (6) Fusion (6) McLaren (6) Mustang (6) Passat (6) Punto (6) Renegade (6) S10 (6) Salão de Xangai (6) Sandero (6) Sentra (6) Sportage (6) Strada (6) Toro (6) A3 (5) Alfa Romeo (5) Cerato (5) Classe E (5) Cobalt (5) Eles são 10! (5) Guscar MOTO (5) Hilux (5) Jetta (5) Lamborghini (5) Lifan (5) Logan (5) Picape do Ano (5) Salão de Pequim 2014 (5) Saveiro (5) Seat (5) Teste de pista (5) Tracker (5) 2008 (4) 408 (4) A4 (4) Agile (4) Amarok (4) Astra (4) Bentley (4) Campeões de Audiência (4) Captiva (4) Classe C (4) Corsa (4) DS4 (4) Edge (4) Escort (4) Especial Crossovers (4) Frontier (4) Fusca (4) HB20S (4) HR-V (4) Hilux SW4 (4) L200 (4) Livina (4) Mini Cooper (4) Mégane (4) Optima (4) Picanto (4) Prisma (4) Q3 (4) Sonic (4) Swift (4) Série 1 (4) Série 3 (4) XE (4) 911 (3) A5 (3) Accord (3) Bravo (3) Camaro (3) Camry (3) Captur (3) Celta (3) DS3 (3) Direto do Arquivo (3) Discovery (3) GLC (3) Giulia (3) Ibiza (3) J3 (3) Kicks (3) Malibu (3) Monza (3) Outlander (3) P1 (3) Panamera (3) Polara (3) Prius (3) RAV4 (3) Salões (3) Sorento (3) T5 (3) TT (3) Tiggo (3) Utilitário do Ano 2011 (3) Vectra (3) Vitara (3) X60 (3) XC90 (3) 147 (2) 507 (2) 508 (2) A1 (2) AMG GT (2) ASX (2) Adam (2) Aero (2) Altima (2) Ayrton Senna (2) Azera (2) Bentayga (2) Bolt (2) C1 (2) C4 Lounge (2) C4 Picasso (2) CLA (2) Calibra (2) Carro Verde do Ano (2) Challenger (2) Chevette (2) Chrysler (2) Classe A (2) Classe B (2) Classe ML (2) Classe S (2) Classic (2) Creta (2) DS5 (2) Daewoo (2) Datsun (2) Elantra (2) Elba (2) Espero (2) Estão comentando (2) Expert (2) Fim de Temporada (2) Fiorino (2) GLA (2) GLE (2) Genesis (2) Go (2) Golf Variant (2) Importados de Ontem (2) Insignia (2) J2 (2) J5 (2) J6 (2) Journey (2) Jumpy (2) Kadett (2) Kadjar (2) La Ferrari (2) Lancia (2) Linea (2) Matérias Especiais (2) Mazda (2) Mille (2) Mini Clubman (2) Mobi (2) Mondeo (2) Montana (2) Motor do Ano 2011 (2) Motor do Ano 2013 (2) Motor do Ano 2014 (2) Motor do Ano 2015 (2) Motor do Ano 2016 (2) Motor do Ano 2017 (2) Opala (2) Oroch (2) Pajero Dakar (2) Parati (2) Pontiac (2) Pré-estréia (2) QQ (2) Qoros (2) RS6 (2) Range Rover (2) Rinspeed (2) S-Cross (2) S60 (2) Santana (2) Skoda (2) Smart fortwo (2) Soul (2) Spacefox (2) Symbol (2) Série 2 (2) Série 4 (2) T6 (2) Tiguan (2) Tipo (2) Transit (2) Twingo (2) Utilitário do Ano 2010 (2) Utilitário do Ano 2013 (2) Utilitário do Ano 2014 (2) Utilitário do Ano 2015 (2) V40 (2) V90 (2) Vectra GT (2) Veneno (2) Volkswagen Jetta (2) Volt (2) Willys (2) X1 (2) X3 (2) X6 (2) ZX (2) i8 (2) 107 (1) 108 (1) 124 Spider (1) 155 (1) 156 (1) 159 (1) 206 (1) 207 Passion (1) 2CV (1) 300C (1) 301 (1) 4008 (1) 405 (1) 4C (1) 500X (1) 530 (1) 570GT (1) 650S (1) 75 (1) A Concept (1) A6 (1) A8 (1) Alaskan (1) Ami (1) Ampera (1) Anísio Campos (1) Apollo (1) Argo (1) Arona (1) Arteon (1) As Belas do Salão (1) Aston Martin (1) Audi A3 Sedan (1) Aygo (1) B-Max (1) BMW K 1300 R (1) Bertone (1) Brasília (1) Brivido (1) Bugatti (1) C-Elysée (1) C-XR (1) C3 Picasso (1) C4 Cactus (1) C5 (1) Cadenza (1) Cambiano (1) Carens (1) Carro Premium 2010 (1) Carro Premium 2011 (1) Carro Premium 2012 (1) Carro Premium 2013 (1) Carro Premium 2014 (1) Carro Premium 2015 (1) Carro Premium 2016 (1) Carro Premium 2017 (1) Carros Antigos (1) Cee'd (1) Celer (1) Cherokee (1) Citigo (1) Clio (1) Clubman (1) Colorado (1) Compass (1) Concept Coupé (1) Concept Estate (1) Concept XC Coupé (1) Continental (1) Continental GT (1) Corcel (1) Cordoba (1) Cross Coupé (1) Crossland X (1) D-Max (1) DS 6WR (1) Dacia (1) Dacia Logan (1) Dauphine (1) De olho na Notícia (1) Del Rey (1) Delta (1) Direto da Tela (1) Divulgação (1) Doblò (1) Dock+Go (1) E-Type (1) EC7 (1) Emerge-E (1) Enjoy (1) Entre linhas (1) Eos (1) Equinox (1) Equus (1) Espace (1) Evoque (1) Explorer (1) F-Type (1) FF (1) Face (1) Faróis (1) Ferrari 812 Superfast (1) Fiat Coupé (1) Fiat Uno Turbo i.e. (1) Fiat. Ford (1) Firebird (1) Ford GT (1) Ford T (1) Ford. Ka (1) Freemont (1) GS (1) GT4 Stinger. Soul (1) GTC4Lusso (1) Geely (1) Ghibli (1) Giulietta (1) Guscar 10 Anos (1) Hall da Fama Autoesporte (1) Hi-Cross (1) Hoggar (1) Honda CB 600F Hornet (1) Huracan (1) I-Oniq (1) Idea (1) Inca (1) Infiniti (1) Intrado (1) Invitation (1) Isuzu (1) Italdesign (1) KAWASAKI Z300 (1) KTM 390 Duke (1) Karl (1) Kawasaki (1) Kawasaki Ninja 250R (1) Kawasaki Ninja 300 (1) Koleos (1) Kombi (1) Kona (1) Kuga (1) LF320 (1) LF620 (1) Leaf (1) Lexus (1) Lincoln (1) Lodgy (1) Lotus (1) MX3 (1) Maserati (1) Maverick (1) Mercedes. A3 (1) Meriva (1) MiTo (1) Mii (1) Miura (1) Model S (1) Mokka (1) Motor do Ano 2010 (1) NMC (1) NS4 (1) NSX (1) New Beetle (1) Nexon (1) Notícias (1) Nuccio (1) Oldsmobile (1) Omega (1) Pacifica (1) Pajero (1) Picape do Ano 2010 (1) Picape do Ano 2011 (1) Picape do Ano 2013 (1) Picape do Ano 2014 (1) Picape do Ano 2015 (1) Picape do Ano 2016 (1) Picape do Ano 2017 (1) Pininfarina (1) Ponto a Ponto (1) Proace (1) Prêmio (1) Pulsar (1) Q2 (1) Q5 (1) Qoros 2 (1) Qoros 3 (1) RX (1) RX7 (1) Raridade (1) Romi (1) Romi Isetta (1) S18 (1) S90 (1) SL (1) SLK (1) SP2 (1) SX4 (1) SXC (1) Santa Fe (1) Scirocco (1) Scudo (1) Scénic (1) Smart (1) Smart forfour (1) Sonata (1) Spin (1) Ssangyong (1) Sunny (1) Série 5 (1) Série 6 (1) Série 7 (1) T-Roc (1) T8 (1) Talisman (1) Tata (1) Tempra (1) Tempra Pick-up (1) Tesla (1) Teste de Consumo (1) Tiida (1) Toledo (1) Toronado (1) Touareg (1) Tourneo (1) Toyota Corolla (1) Trailblazer (1) Trax (1) Tucson (1) Utilitário do Ano 2012 (1) V60 (1) Vale a Pena? (1) Vario (1) Vedette (1) Veloster (1) Veraneio (1) Versailles (1) Vezel (1) Viaggio (1) Vision C (1) Volkswagen GOLF (1) Volkswagen Gol Comfortline 1.0 (1) Vídeos (1) X-ChangE (1) XF (1) XIV-2 (1) Yamaha XT 600Z Ténéré (1) Yamaha YBR 250 Fazer (1) Yaris (1) Z4 (1) Zest (1) Zoe (1) ix35 (1) recall (1)